O Programa de Formação aqui proposto visa contribuir com o processo de formação dos profissionais do handebol e do esporte de um modo geral. De modo inovador buscamos beber das mais distintas fontes ligadas a este tema, seja na academia e literatura produzida nesta área, seja em algumas das experiências já produzidas ao redor do mundo no que toca a formação profissional de treinadores e treinadoras. Trata-se de um Programa que visa desenvolver mais e melhor as competências necessárias para que treinadores e treinadoras possam exercer suas funções em diferentes contextos do handebol brasileiro e do continente americano, considerando que para isso, é necessário que o treinador e a treinadora integrem conhecimentos profissionais, interpessoais e intrapessoais que perpassam pelos seguintes aspectos:

  • Auto-conhecimento: como sou como treinador/a? Qual é o meu papel? Reflexão sobre a prática, tomadas de decisões e resolução de conflitos, liderança, relação com a equipe (atletas e CT), aprendizagem coletiva e habilidades de comunicação.
  • Jogadores/as: desenvolvimento de jogadores/as em curto, médio e longo prazos, respeito às diferenças e autonomia do/a jogador/a.
  • Meio: criar o meio ideal para desenvolvimento dos/as jogadores/as, construir relações e trabalhar com os demais.
  • Jogo: como encarar as partidas como parte do processo esportivo e, portanto, relacioná-los com a preparação (incluindo treinamentos), planejamento e avaliação .

Esses temas e conteúdos deram origem ao “currículo” do Programa de Formação.

O Programa está distribuído em 5 módulos, partindo da estruturação deste percurso pedagógico formativo das treinadoras e dos treinadores que iniciam no Módulo 1, apresentando a Concepção Estratégico-tática, o percurso de Desenvolvimento Profissional e propiciando os debates e temas de estudo que serão percorridos ao longo dos demais 4 Módulos. Além disto, os módulos apresentam contribuição contextuais , ou seja, focamos em diálogos específicos de contextos de atuação, sem restringi-los nem reduzi-los no que imaginamos ser a riqueza da modalidade. 

Cada módulo terá, assim, além da progressão e evolução do nível de debate e aprofundamento dos temas, uma busca de diálogo em certos momentos de acordo com os contextos de atuação. Em cada Módulo certos contextos serão mais claramente enfocados, mas nunca ignorando os demais possíveis contextos e muito menos o que é característico da modalidade e pode nos fazer refletir sobre nossa atuação, seja ela em que contexto for. 

O Programa propõe também um aprofundamento gradual em temas interligados ao longo dos diferentes módulos. Treinadores e treinadoras poderão optar por realizar o(s) módulo(s) de acordo com sua atuação atual e também pelo interesse de desenvolvimento e atuação futura, muito embora recomendamos a vivência do processo como um todo:

  •  Módulo 1
    • Contextos mais enfocados: escolar, iniciação, base
    • Carga horária: 32 h de atividades síncronas, dividido em 2 finais de semana (aproximadamente 1 mês entre eles) e 20h tempo comunidade e atividades assíncronas.
    • Obs.: encontros preferencialmente presenciais, mas também adequados ao formato online.
  • Módulo 2
    • Contextos mais enfocados: base, juvenil, universitário e master
    • Carga horária: 32 h de atividades síncronas, dividido em 2 finais de semana (aproximadamente 1 mês entre eles) e 20h tempo comunidade e atividades assíncronas.
    • Obs.: encontros preferencialmente presenciais, mas também adequados ao formato online.
  • Módulo 3
  • Contextos mais enfocados: juvenil, júnior e adulto
  • Carga horária: 6 dias, em um Centro Nacional, além do tempo comunidade e atividades assíncronas.
  • Módulo  4
  • Contextos mais enfocados: júnior e adulto
  • Carga horária: 6 dias, em um Centro Nacional, além do tempo comunidade e atividades assíncronas.
  • Módulo 5
  • Contexto especial: Master Coach
  • Carga horária: 3 etapas de 3 dias – 1 On-Line e 2 em um Centro Nacional

Avaliações e Como entrar no Programa de Formação em um Módulo Determinado:

Treinadoras e treinadores que tenham cumprido plenamente um Módulo podem avançar para o próximo. Já os que demandam entrar diretamente em um Módulo específico, poderão fazer isso cursando ou equivalendo as disciplinas ou temas ainda não realizados. Reforçamos a importância, em especial, destes temas que se aprofundam e se complementam de acordo com a sequência dos Módulos.

Todos os Módulos também contarão com outras atividades formativas igualmente importantes e requisitos para sua conclusão:

  • Acompanhamento: cada treinador e treinadora terá o acompanhamento para os processos de estudo individual e estudos mediados em grupos, e será acompanhado/a em momentos de tutoria com o avançar dos módulos. 
  • Elaboração e criação: participantes terão que elaborar algumas atividades coerentes e avançar em processos avaliativos entre as etapas e módulos, em grupos e individualmente.
  • Formação permanente: treinadores e treinadoras terão acesso à biblioteca de textos e mídias e serão estimulados a auto-organização de situações de aprendizagem e desenvolvimento. Também terão temas e estudos de casos concretos para se debruçar em busca de melhores práticas. 
  • Comunidades de prática: grupos de aprendizagem social, formados por treinadores e treinadoras com interesses e/ ou realidades em comum, onde compartilham práticas e sugestões de resolução de problemas da atuação profissional. 
  • Grupo de estudos: grupos para estudos de determinados temas de interesse e relevância para atuação do treinador e treinadora de handebol.
      Bons estudos!
error: Conteúdo está protegido!!